12278746_891373104291376_2274697463246061930_n

Construindo Independencia e Responsabilidade: Au Pair

Intercâmbio = Independência! Liberdade

image-1Nunca paramos para pensar no quão difícil seria conseguir esta independência e liberdade….
Não digo em relação a lavar roupas ou cozinhar, mas como isso tudo muda a nossa vida psicologicamente, nos fazendo amadurecer mesmo quando ainda não estamos preparados.

Ja ouvi vários jovens pularem de alegria por saberem que fariam intercâmbio. Muitos estavam contentes pela oportunidade de poder estudar fora e ter uma boa experiência para o currículo. Outros, vibravam pela liberdade, sair de casa, da barra da saia da mae, não ter ninguém para dizer o que deve fazer ou não. Mas é aí que mora o perigo.

Neste meio tempo em que você não tem ninguém que diga o que fazer, começa então a transformação psicológica. Você está completamente confiante de que tudo dará certo – mas já diziam os mais velhos: “os seus planos não são os de Deus”.
De repente, a sua visão sobre liberdade muda para responsabilidade! Complicado no início é entender o quanto a responsabilidade pesa e nos deixa ainda mais nervosos.

Longe de casa, dos pais, irmãos, ou qualquer pessoa conhecida sentimos que estamos perdidos. Quando coisas desagradáveis acontecem, tudo o que precisávamos era de um conselho e apoio, mas quando eles estão longe o máximo que eles podem fazer é dizer: siga em frente (ou volte para casa!).

Infelizmente passei por uma situação desagradável que não desejo para ninguém.
No inicio do mês de junho fiquei muito mal e fui para o Urgent Care e descobriu-se que eu estava com problema no nervo ciático. Um problema seríssimo que poderia causar até mesmo a minha incapacidade motora – e de pensar que tudo isso foi resultado de muita academia.
Não é verdade o que dizem, que “se você sente dor é porque está dando resultado”. Nem sempre é assim. O resultado foi quatro idas ao médico, com direito a quatro injeções sendo uma na coluna. O que eu pensei nesse meio tempo? Que eu queria minha mãe, minha casa e minha vida de volta, não queria mais “brincar” de ser Au Pair. Por vezes, chorei de dor e de preocupação do que seria de mim.

Orei e pedi que Deus cuidasse de mim. E claro que não poderia ser diferente, pois Ele me ouviu. A minha host mom se tornou uma fada madrinha, cuidou de mim como filha e todos ficaram completamente preocupados com minha saúde e meu cuidado. O meu medo de criar responsabilidade e se tornar de algum modo independente, foi embora e tudo graças às minhas orações.

Hoje entendo que embora você se sinta sozinho e responsável por si e por outras milhões de coisas, você nunca estará sozinho de verdade. Além de Deus, Ele também colocará pessoas incríveis na sua vida, e da melhor maneira possível.

Difícil é acreditar que depois de viver anos com nossos pais, possa criar responsabilidade tão facilmente, não é mesmo? Mas o segredo está no que você acredita e confia. Ser responsável não é fácil, mas a gente aprende com o tempo, o que precisamos descobrir é o que possui mais valor. A partir daí, nossa maturidade aflora e a responsabilidade passa a ser automática.

Imagine para aqueles que estão tão longe de casa?

Voce já é adulto e responsavel a partir do momento que você deixa tudo para trás e vai viver em outro lugar, completamente diferente de onde você vive.
O nosso dicionário ja diz “ato que demonstra a qualidade do que é responsável, ou obrigação de responder por atos próprios ou alheios, ou por uma coisa confiada“. Parece até sinônimo de Au Pair !

Este ato de ir embora já demonstra a sua independência que faz de você um(a) vencedor(a). Você não tem que mostrar para ninguém, mas se fazer feliz pelo o que você procurou e conquistou, e por fim viver seus sonhos!

12278746_891373104291376_2274697463246061930_n


image1Ana Carolina Alcantara
Biografia:
Nasceu em São Paulo capital é Advogada, formada na Universidade São Francisco, estagiou na Receita Federal do Brasil e no Tribunal de Justica do Estado de São Paulo; Atriz cursando teatro na USF, já apresentou 5 peças, dentre elas “Família quase vende tudo” ao qual estrelou e participou na produção da peça. Formada no curso de corretor de imóveis, atualmente cursa Direito Constitucional na Universidade de Stanford, Califórnia, foi professora voluntária de inglês e gramática em projetos sociais, atualmente trabalha como Au pair nos Estados Unidos. Tempos livre gosta de ler e escrever; escreveu um livro de romance ainda não publicado, inspirado no seu escritor favorito Nicholas Sparks. Gosta de cantar e aprender coisas novas. Apaixonada por música, teatro, cinema e moda.

Add your comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *